Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



segunda-feira, 30 de maio de 2016

Totalmente Demais- Último Capítulo

                                                                                    



Pela primeira vez em 39 anos, a Globo exibirá o último capítulo de uma novela em uma segunda-feira.
Prevista para acabar no dia 27, Totalmente Demais, foi esticada em mais dois capítulos e chegará ao fim hoje, dia 30.
Com isso a Globo que já havia gravado o final feliz de Eliza com Jonatas (personagem de Felipe Simas), o rapaz que a ajudou quando ela morou nas ruas, aproveita para rodar um segundo final para a nossa protagonista, em Paris, com Arthur (interpretado por Fábio Assunção), o empresário que a tornou uma modelo de sucesso, aumentando o suspense.
Os dois são muito importantes para ela, mas de maneiras diferentes. Os dois têm grandes chances. E a divisão de torcidas é um fenômeno.
O que dificulta ainda mais a preferência por um ou outro é o fato de os atores terem química e sintonia em cena.
Aliás, faz tempo que os telespectadores não torcem por uma mocinha, parece que nos últimos tempos foram os vilões quem roubaram as cenas, mas a Eliza (Marina Ruy Barbosa), mocinha nada convencional, ganhou o carinho do público, que torceu por ela a cada reviravolta da história, em que Eliza ficou entre os contos de fada e os perigos da vida real.
A vida sempre fez com que ela não acreditasse em contos de fada, mas com os pés no chão, conseguiu realizar os seus sonhos, tendo os seus objetivos sempre bem definidos, o que criou expectativa e empatia em quem assiste.
Uma protagonista moderna, que encanta o público dentro de uma história com elementos dos folhetins de 1960.
Com claras referências do filme My Fair Lady de 1964, (onde a florista interpretada pela atriz Audrey Hepburn também se chamava Eliza), e réplicas de momentos de A Dama e o Vagabundo, Bonequinha de Luxo, Luzes da Cidade, Casablanca, E O Vento Levou e Uma Linda Mulher, onde os personagens foram inseridos em cenas dos clássicos, trouxeram um toque especial de arte aos capítulos assim como teve um Q cultural os poemas recitados pelo personagem de Fábio Assunção.
Se Eliza convenceu como a Cinderela nesse conto de fadas moderno, a Carol (Ju Paes) brilhou como a antagonista poderosa.
Remake de Pigmaleão, de 1970, a novela ousou em vários momentos.
Soube aproveitar bem as redes sociais e interagir com o público quando criou o Concurso Garota Totalmente Demais e o Instagram bombou com o #visudalu  (Ju Trevisol interpreta Lu), uma jornalista It Girl, fashionista e pra lá de estilosa
Já que novela é a arte de contar uma mesma história de modo diferente, Totalmente Demais soube como dar novos contornos aos arquétipos velhos conhecidos e apresentou uma trama redondinha, núcleos centrados, bom ritmo e boa condução de cenas, identificação com os personagens e elenco afiado e direção inteligente, alcançando altos índices de audiência que não eram vistos desde Cheias de Charme e que por muitas vezes superou os índices da novela das 21h, Velho Chico.
Mais do que a realização de um sonho a mensagem que a novela deixa é a de que é possível a transformação.
Todos os personagens em algum momento da trama passaram por ela e se descobriram melhores.

Quer + de Totalmente D+? Tem +!
A novela que estreou em 09/11/2015 e que foi a primeira novela a ganhar um capítulo ZERO na web em uma abordagem surpreendente, não vai acabar quando terminar.
Isso mesmo!
Depois do fim na TV terá um spin off na Globo Play, com o título Totalmente Sem Noção Demais, extensão de núcleos da trama em formato de série com 10 episódios exclusivos na plataforma da emissora, as 19h30 mesmo horário em que a novela vai ao ar.




Abraços literários e até a próxima.


terça-feira, 24 de maio de 2016

Inspira Estante #20

                                                                                
                                                                            
Os brasileiros são tão apaixonados por café que esta bebida tem, desde 2005, uma data exclusiva para ser comemorada: 24 de Maio - Dia Nacional do Café.
                                                                                 


Incorporada ao Calendário Brasileiro de Eventos por sugestão da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, a data simboliza o início da colheita em grande parte das regiões cafeeiras e é celebrada por produtores, cooperativas, exportadores, cafeterias e pelas indústrias que, em parceria com o varejo, promovem ações locais com lançamentos de novos produtos e realização de degustações nos pontos de venda.
Bebida milenar, o café tem como grande diferencial a capacidade de estar sempre atual e moderno. As indústrias, não só torrefadoras, mas também empresas fabricantes de produtos afins têm investido continuamente em inovação, e hoje são tantas as variedades e marcas de café, máquinas e acessórios à disposição que é possível ter uma pequena cafeteria em casa.
Essa é uma das razões das pessoas estarem consumindo mais xícaras de café por dia e diversificando as formas de preparo, adicionando ao café filtrado consumido nos lares, também os cafés ‘espressos’, cappuccinos e outras combinações com leite.
                                                                                  


Para comemorar o Dia Nacional do Café nós apresentamos três sugestões simples e lindas, além de super estilosas, de prateleiras, onde VCS podem guardar todos os apetrechos queridinhos da cafeteria particular e ter os livros favoritos bem ao alcance de nossas mãos!
Tem coisa melhor que um bom livro acompanhado de uma xícara de café passado na hora?????
                                                                                     



Abraços Literários e até a próxima.


sexta-feira, 20 de maio de 2016

Caneca Literária #33: Todos contra D@nte-

                                                                                 




A Caneca Literária de hoje é para promover a conscientização de maneira reflexiva através da leitura, buscando soluções que só serão possíveis  no afeto de nossas famílias e no poder da educação.

                                                                                     



Sinopse: Dante é novo na escola. Vem de um bairro mais pobre e gosta de ler A divina comédia, de Dante Alighieri.
Logo sua aparência e sua classe social viram combustível para o riso dos colegas.
A perseguição se torna sistemática e ganha força no ciberespaço, onde o jovem é ridicularizado e hostilizado por inúmeros adolescentes protegidos pelo confortável anonimato de uma comunidade na internet.
O que era para ser “apenas brincadeira” ganha dimensões trágicas.
Todos contra Dante se baseia – infelizmente – em fatos reais.
Com linguagem ágil e uma arquitetura inovadora, o jornalista Luís Dill constrói cuidadosa reflexão sobre nossa sociedade atual. E nesse cenário, quase sempre maquiado por toda sorte de artificialismo, a violência espreita.

Um soco no estômago!
 Todos Contra Dante, um livro escrito por Luís Dill (publicado pela Cia. Das Letras) nos dá exatamente essa sensação.
Para entender o porquê dessa sensação, é necessário praticar a empatia e ser sensível a marca da insegurança adolescente e a crueldade de quem pratica o bullying.
Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão.
É lugar comum falar sobre essa temática, mas infelizmente, absurdamente necessário, já que leva a atos inadmissíveis.
Escrito em 2008 é mais atual do que nunca, talvez atemporal se levarmos em consideração de que os adolescentes, talvez passem por isso desde sempre.
O tema central desta tragédia é narrado de forma bem peculiar.
O livro se inicia com a tragédia em si, retornando aos poucos alternando-se em capítulos nos apresentando o que aconteceu e de que maneira.
A narrativa  apresenta-se ora em forma de diálogo, ora em forma de publicações em uma comunidade na internet, em formato de posts em um blog e por fim acompanhando cada um dos capítulos, há links plus.
O autor soube reproduzir muito bem o que o jovem poderia ter sentido, provando ter profundidade, criatividade e senso realístico aguçados, numa narrativa em que talento e imaginação se misturam com a poderosa realidade, expandindo os limites do impensável e deixando o leitor perplexo.
A temática apesar de jovem, diferencial do autor, pode e deve ser obra literária para pessoas de todas as idades, apesar de que o formato do livro em si e a linguagem com gírias pode não agradar a todos.
Eu mesma, li primeiro de uma sentada, e dp com o cuidado de fazer a correlação e a intertextualidade em cada capítulo.
Os posts no blog nos trazendo o íntimo e a personalidade do querido Dante.
Os comentários maldosos na comunidade nos colocando cara a cara com a frustração e a insensibilidade dos jovens que ferem.
Os diálogos mostram o alto custo de atitudes impensadas e de como para o sentimento de pertencimento as pessoas agem por impulso e se tornam reféns criando um laço invisível entre algoz e vítima.
Os links trazem aquele algo a mais  e dão profundidade aos diálogos e publicações.

Um outro senão é que as páginas e a cor das letras azuis fizeram a leitura se tornar um desafio e o tamanho das letras não ajuda muito quem não tem olhos de águia.

“Entre aspas” deixo registrada a força do personagem Ulisses, irmão de Dante, seu amor pelo irmão, pela mãe e suas palavras que calam fundo encontrando morada no coração.

Recomendadíssimo esse pequeno grande livro de apenas 95 páginas, mas que encerra em si muito ensinamento e reflexão.
Como disse o autor,  tragédias sugerem indignação, mas é preciso que a indignação dure, crie corpo e identidade. Não perder a capacidade de se indignar, talvez a inconformidade seja o argumento capaz de tocar a consciência.
Fica a reflexão. Para onde caminhamos?
O pessimismo é o sentimento mais fácil.
Eu prefiro acreditar em soluções.
Para construí-las é preciso responsabilidade.
É no afeto da família que os valores vão se enraizar e que a educação poderá germinar. E com educação tudo se resolve.


Abraços Literários e até a próxima.


domingo, 15 de maio de 2016

Cine Clube #21: Creed Nascido para Lutar-

                                                                                  



Em 14 de janeiro de 2016, quase 40 anos após a estreia de Rocky (03/12/1976), chega às telonas Creed: Nascido para Lutar.
Dirigido por Ryan Coogler, a sequencia conta a história de Adônis (Michal B.Jordan), fruto de um relacionamento extraconjugal, ele nunca conheceu seu pai, o grande lutador de boxe, Apollo Creed, que morreu em combate.
Após passar a infância em orfanatos, Adônis é adotado pela esposa de seu pai. Ele leva uma vida normal e se torna um homem de negócios.
Mas a luta está em seu sangue, e ele decide jogar tudo para o alto e seguir os passos de seu pai.
Após muito insistir, Adônis convence o já aposentado Rocky a treiná-lo.
Por sua atuação, Stallone foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante.
Mais do que lutas, o filme traz só a luta master no final do filme, Creed mostra uma boa atuação dos personagens secundários.
A mãe adotiva de Adônis que não quer vê-lo lutar pq seu pai morreu em um ringue precisa vencer uma “luta particular” para poder estar ao lado do filho.
Sua namorada tb trava uma “luta pessoal” já que é DJ e tem uma doença degenerativa progressiva que a levará a surdez.
Por fim o célebre Rocky tb trava seu UFC particular com uma grave doença.
E o final como não poderia deixar de ser mostra a tradicionalíssima escadaria da Philadelphia.

Há 40 anos, os cinemas lançaram um filme protagonizado por um jovem ator sobre Rocky Balboa, um boxeador da Filadélfia que nunca teve chance no esporte e que tem sua vida transformada ao receber do campeão peso-pesado Apollo Creed  a oportunidade de disputar o título máximo do boxe.
A história foi escrita pelo próprio protagonista do filme, Sylvester Stallone, após ver a luta de Muhammad Ali contra o desconhecido Chuck Wepner –  que conseguiu inesperadamente aguentar os 15 rounds, chegando inclusive a derrubar Ali em um certo momento da luta.
Stallone precisou de apenas três dias e 20 horas seguidas para sair com o enredo pronto.
O filme, com o orçamento de US$ 1 milhão, conseguiu 225 vezes o valor investido e ainda angariou 10 indicações para o Oscar em 1976, vencendo na categoria de Melhor Diretor, Melhor Edição e Melhor Filme (desbancando Taxi Driver, de Martin Scorcese).
O sucesso do garanhão italiano foi tanto que rendeu mais seis filmes da franquia, incluindo o último, Creed, que entrou em cartaz  40 anos após o primeiro.

Rocky II- Após a luta com Apollo Creed, os fãs de boxe pedem uma revanche. Porém, Rocky sofreu graves ferimentos quando do último combate, e anuncia o seu afastamento dos ringues. Concentra-se no seu relacionamento com Adrian, acabando por se casar e manter uma rotina familiar estável. Porém, o chamamento do ringue assombra-o de tal modo que ele não se consegue manter afastado por muito tempo.

Rocky III- Após se sagrar campeão dos pesos pesados ao derrotar Apollo e defender seu título por dez vezes, Rocky Balboa decide largar sua carreira de pugilista, até ser desafiado e insultado por Clubber Lang. Ainda abalado pela morte de seu treinador e recebendo a ajuda de seu ex-adversário Apollo Creed, Rocky decide retornar aos ringues para enfrentá-lo.

Rocky IV- Após reconquistar o título de campeão mundial de boxe, surge um novo desafio para Rocky: um novo e forte lutador de boxe da União Soviética chamado Ivan Drago, um superatleta criado pela tecnologia russa, chega aos Estados Unidos e, após matar o amigo e ex-adversário de Rocky, Apollo Creed, em uma luta, deseja realizar uma luta de exibição contra o campeão americano.

Rocky V- Após o combate contra Ivan Drago, Rocky vem a se deparar com uma situação difícil: perde quase todo o dinheiro graças a um contador corrupto, e ainda descobre que estava impossibilitado de continuar a lutar sob o risco de morte. Passando por problemas emocionais, financeiros e físicos, Rocky Balboa resolve treinar um jovem boxeador que está em busca da fama. É o quinto filme da série de filmes Rocky.

Rocky Balboa- Dono do restaurante Adrian's, batizado em homenagem à sua falecida esposa, Rocky passa as noites contando aos clientes histórias de sua época de lutador. Rocky Jr., seu filho, não dá muita atenção ao pai, preferindo cuidar de sua própria vida. Sua vida muda após uma simulação de computador colocar Mason Dixon, o atual campeão mundial dos pesos pesados, enfrentando Rocky em seu auge.
Rocky Balboa estreou em 2006, 30 anos após o lançamento do primeiro filme da franquia.

Quote:  “O mundo não é um mar de rosas; é um lugar sujo, um lugar cruel, que não quer saber o quanto você é durão. Vai botar você de joelhos e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar. Você, eu, ninguém vai bater tão forte como a vida, mas não se trata de bater forte. Se trata de quanto você aguenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de aguentar e continuar tentando. É assim que se consegue vencer.Agora se você sabe do teu valor, então vá atrás do que você merece, mas tem que estar preparado para apanhar. E nada de apontar dedos, dizer que você não consegue por causa dele ou dela, ou de quem quer que seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde, você é melhor que isso.”

A série formou caráter de diversas gerações desde os anos 70, todos impressionados com o fictício boxeador famoso pelo maxilar de ferro, vontade de aço, ataque feroz e coração imenso.
                                                                                 


Muito mais do que pancadaria e sangue a série é emblemática, trata de sonhos, superação e de resiliência. Vale muito a pena ver ou rever.

Recomendadíssimo!

Abraços Literários e até a próxima.


terça-feira, 10 de maio de 2016

A Arte das Capas #25

                                                                                   


A capa de livro é a identidade visual de uma obra literária. Uma nobre embalagem, que desperta os sentidos, desejos, sonhos e emoções, e tem muita história para contar...
                                                                             


A Arte das Capas é a coluna em que mostramos  livros e suas capas. 
                                                                              


Bacana pra que vocês conheçam novos livros e novas capas também, já que temos  certeza que muita gente, assim como nós, adora capas de livros!
                                                                              


No mês passado no dia nacional do livro infantil, nós fizemos um post com um dos clássicos de Monteiro Lobato, Geografia de D. Benta, que VCS conferem aqui.




Hoje vamos mostrar algumas das capas do livro no decorrer dos anos desde que foi lançado.
                                                                               

                                          
                                       



Queremos saber, qual capa VCS elegem como a favorita ????

Abraços Literários e até a próxima.




domingo, 8 de maio de 2016

Feliz Dia das Mães-




Nós do Café com Leitura na Rede Site e Blog desejamos a todas as mamães Parabéns pelo seu dia!
E quando digo mães, não me refiro apenas à condição biológica de gerar e trazer um ser humano ao mundo, mas sobretudo à capacidade de amar.
Muitas mulheres não tiveram a chance de gerar filhos em seu ventre, mas Deus as presenteou com a graça de os conceberem em seus corações e amá-los.
Não é por acaso que o amor de Deus é comparado ao amor de mãe.

E sugerimos que VCS convidem a mulher mais importante de nossas vidas para um café e uma excelente leitura.
                                                                              
Feliz Dia das Mães!

Abraços Literários.


                                                                                                 

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Jornal Poético: Diversos Versos, Inversos e Reversos #24

                                                                                 


Este espaço,  intitulado Jornal Poético: Diversos Versos, Inversos e Reversos,  foi criado,   porque as poesias, os poemas, as rimas, os cordéis, prosa e verso  não podem ficar restritos a um sarau em  uma sala;  devem estar ao nosso alcance sempre.Com a leitura podemos, encontrar e descobrir mundos que existem dentro de nós mesmos.
É  por isso que convidamos você a embarcar com a gente nesse lindo poema do príncipe dos poetas, Mário Quintana, que escolhemos para compartilhar nesse mês de maio.

Cada um de nós, à sua maneira, extrai da vida a poesia que nos cabe.


Mãe
(Poema de Mário Quintana)

Mãe... São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o Céu tem três letras...
E nelas cabe o infinito.

Para louvar nossa mãe,
Todo o bem que se disse
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer...

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do Céu
E apenas menor que Deus!


Beijos poéticos, enormes e abraços literários.


domingo, 1 de maio de 2016

Café com Leitura na Rede- Outlet de Livros

                                                                               



Nós do Café com Leitura na Rede preparamos uma edição especial do nosso bazar para o dia das mães.
Se VCS ainda não conhecem o nosso novo modelo de vendas, reservem um minutinho para uma visita, temos certeza de que vão gostar muito!
A nossa Livraria Café com Leitura na Rede, focada em sustentabilidade, proporciona excelentes oportunidades a preços mínimos e com um atendimento personalizado que vai encantar nosso cliente e amigo.
Disponibilizamos livros novos, seminovos, manuseados, raros e fora de catálogo.
 A disponibilidade de cada título é inconstante e pode alterar-se a qualquer momento.
Um livro que esteja disponível agora poderá já não estar no período da tarde, por isso não perca a sua oportunidade, confira agora, aqui.
Esperamos por VCS!

O hábito da leitura é uma das melhores maneiras para obtermos informação, companhia, lazer e cultura.
Mergulhar nas páginas de um livro é descobrir tesouros antigos e também abrir as portas para novas conquistas.
Ler é viajar no tempo. Viaje para onde sua imaginação quiser.
Ler é  viver. Quem lê, voa mais alto, vai mais longe e vive melhor.
Ler faz bem para a saúde, para a mente e para o coração.


Abraços Literários e até a próxima.